Galeria de Fotos

Clique e acesse a galeria de fotos de Torres!
Clique e acesse a galeria de fotos de Torres!
Clique e acesse a galeria de fotos de Torres!
Clique e acesse a galeria de fotos de Torres!
Clique e acesse a galeria de fotos de Torres!
Clique e acesse a galeria de fotos de Torres!
Clique e acesse a galeria de fotos de Torres!

Agenda

TV Torres

Articulando a rede de atendimento a mulheres em situação de violência

Com o propósito de tornar mais produtivas na região as políticas públicas dirigidas à mulher, a equipe do Centro de Referência da Mulher “Pricila Selau”, a Diretoria de Políticas Afirmativas e representantes do curso de Psicologia da Ulbra visitaram nessa última quarta-feira, 18 de janeiro, o CRM de Canoas “Patrícia Esber”, referência estadual nesta área. O objetivo é que o atendimento à mulher que sofre violência seja cada vez maior e mais eficaz.

 

 

A Ulbra já foi visitada pela equipe da Prefeitura. Nos próximos dias também serão realizados contatos com a Brigada Militar, Polícia Civil e Poder Judiciário. De acordo com Silvia Pereira, diretora das Políticas Afirmativas, é preciso agilizar a prestação de serviço às mulheres que sofrem violência doméstica. Integraram a comissão que estiveram em Canoas, a diretora de Políticas Afirmativas, a coordenadora do CRM, professora Lú Fippian; as assistentes sociais Vera Souza e Márcia Alexandre de Lima, a psicóloga Dioze Strassburger, a estagiária de Psicologia Loislane Martins, a coordenadora do Curso de Psicologia da Ulbra, Graziela Werba, e as professoras do curso, Simone Nunes e Dione M. de Souza.

 

Essa atividade foi realizada com o intuito de articular a rede de atendimento e a troca de experiências. Atuando desde agosto de 2015, aproximadamente 100 prontuários constam registrados no CRM sendo 90% dos casos da cidade. A abrangência do Centro atinge os municípios da comarca de Torres. O CRM situa-se na Avenida do Riacho, 850, Igra Sul (Campo do Torrense) atendendo de segunda a sexta, das 8h às 12h e das 13h30min às 17h30min. Quarta-feira pela manhã, das 8h às 12h, o expediente é interno.

 

 

Em Canoas, a Coordenadoria de Políticas para as Mulheres recebeu as representantes de Torres explicando que o modelo canoense envolve uma rede de instituições, que vai além da simples denúncia de agressão na delegacia de polícia. Está em finalização um prontuário eletrônico permitindo conhecer bem a situação de cada vítima e deverá ser disponibilizado a outros municípios e instituições que se interessarem. Com ele é possível fazer levantamentos estatísticos e interligar os organismos envolvidos. (Carmem Gonçalves-Diretoria de Comunicação e Marketing)

 

Notícias da Coordenadoria de Políticas para as Mulheres

  • 1
  • 2
  • 3
Prev Next

Conheça a atuação do Centro de Referênci…

07-08-2017

Conheça a atuação do Centro de Referência da Mulher Pricila Selau

No ano em que se comemora 11 anos da aprovação da Lei Maria da Penha, 69 mulheres foram acolhidas no Centro de Referência da Mulher em Torres. Desde sua inauguração,...

Comissão da Assembleia Legislativa debat…

17-04-2017

Comissão da Assembleia Legislativa debate sobre mulheres vítimas de violência em Torres

A atenção às mulheres vítimas de violência foi tema da reunião realizada, na última quarta-feira, 12 de abril, pela Comissão de Cidadania e Direitos Humanos da Assembleia Legislativa no Centro...

Confira a programação que comemora o Dia…

01-03-2017

Confira a programação que comemora o Dia Internacional da Mulher em Torres

Em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, 8 de março, diversos eventos serão realizados em Torres para marcar a data. Entre os dias 6 e 9, de segunda a quinta-feira,...

Newsletter

Cadastre seu e-mail e receba notícias de Torres

 

Rua José Picoral, 79 - Centro

Torres - RS CEP 95560-000 Fone: (51) 3626-9150


Desenvolvido por EagleTD