Secretaria de Trabalho, Indústria e Comércio e SINE/Torres tratam sobre a execução do Programa RS TER

A execução do Programa RS Trabalho, Emprego e Renda – RS TER foi pauta do encontro realizado no dia 27 de janeiro em Torres. A operacionalização do Programa se dará a partir de março próximo. Para alinhar a atuação, estiveram reunidos na Prefeitura, o secretário do Trabalho, Indústria e Comércio, Alexandre Porcatt, o Coordenador da Sala do Empreendedor de Torres, Luan Dime; a Coordenadora do Sine de Torres, Dione Andréia dos Santos e o Coordenador Regional da Agência de Desenvolvimento Social FGTAS, Aclenei Romero.

Na oportunidade, foi apresentado o Programa RS TER com a informação de que esta fase é a de captação de parceiros. Conforme o secretário, a SMTIC terá um papel fundamental, de articular junto às entidades representativas e aos microempreendedores locais, o acesso às informações.

O Programa RS Trabalho, Emprego e Renda – RS TER é uma política público-privada coordenada pela Secretaria do Trabalho e Assistência Social (STAS) e Fundação Gaúcha do Trabalho e Ação Social (FGTAS), com o foco na geração de trabalho, emprego e renda, por meio do fomento ao empreendedorismo, a criação e/ou sustentabilidade de negócios embrionários, micro e pequenas empresas.

O objetivo é o de disponibilizar, sistemicamente, os três eixos estratégicos aos empresários no RS, contribuindo com a implementação e/ou sustentabilidade econômico-financeira desses negócios e com o desenvolvimento da região. São eles:

EIXOS – Gestão, Mercado e Crédito

TEM MUITA GENTE PARA TE AJUDAR – Agências FGTAS/Sine, Prefeituras Municipais, Instituições financeiras públicas (BRDE e BADESUL), Cooperativas de crédito (Cresol, Sicredi, Sicoob e Unicred), Sociedade garantidora de crédito (RS Garanti), Instituições de microfinanças (Casa do Microcrédito, Credisol, Banco do Vale, ICC Serra, Imembuí Microfi nanças, ICC MAU, Portosol, Credioeste, Crecerto, Banco da Família), e

IMPLEMENTAÇÃO E GESTÃO – O RS TER terá como órgão de gestão um Comitê de Governança constituído por quatro câmaras. Os presidentes eleitos para cada uma das câmaras constituirão o Comitê Executivo coordenado pela STAS/FGTAS. Serão tratadas todas as questões de nível estratégico, tático e operacional da política, com destaque para o trabalho em conjunto nos municípios, liberação dos recursos, orientação e capacitação e as ações de comunicação. Serão tratadas questões referentes a Crédito e Garantia, Território, Sistema Produtivo e Educação Produtiva.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email
Share on print

Leia também:

Acesso Rápido

Turismo

Gabinete e Procuradoria

Secretarias

Setores

Cidadão

Empresa

Servidor

Guias e Formulários

Previdência Social - RPPS

Transparência

Skip to content