Fortalecimento do vínculo familiar previne violação dos direitos das crianças e adolescentes

Fortalecer o vínculo familiar, por meio da estruturação de serviços e equipes que garantam os direitos da criança e do adolescente, foi a principal mensagem do Seminário sobre “Acolhimento Institucional na perceptiva da Proteção Social Básica”, realizado na tarde desta quarta-feira, 31 de maio, no Centro de Eventos da Ulbra. A iniciativa da Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos, por meio do Centro de Referência de Assistência Social-CRAS, reuniu participantes de vários municípios do Litoral Norte, ligados às áreas de assistência social, psicologia, saúde, educação, entre outras.

O objetivo foi debater sobre as iniciativas e espaços de cuidados que contamos na região para prevenir o acolhimento institucional das crianças e adolescentes. Os vínculos familiares e comunitários devem ser consolidados como forma de garantir os direitos. Conforme a painelista Mariele Aparecida Diottti, assistente social graduada pela UFRGS, mestranda em política social, do Departamento de Assistência Social do Governo do Estado, a melhor forma de prevenção, é da gestão oferecer estrutura de saúde, educação, habitação e outros. “Devemos fortalecer as políticas públicas existentes, pois a Casa de Passagem é temporária e excepcional”.

Na abertura do evento que tem o apoio da 4ª Semana Acadêmica dos Cursos EAD Ulbra Torres, a secretária de Assistência Social e Direitos Humanos, Neusa Carlo, destacou a importância da iniciativa e da prestação de serviços do CRAS, que trabalha na prevenção, e do CREAS-Centro de Referência Especial de Assistência Social, que faz o acompanhamento quando os direitos da criança e dos adolescentes já foram violados.

Durante o evento, o público assistiu uma bonita apresentação de um grupo de adolescentes com a temática circense, resultado do trabalho do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos- SCFV. Participaram da cerimônia de abertura, a secretária Neusa Carlo, o secretário de Administração e Atendimento ao Cidadão, Matheus Junges; a diretora-geral da Ulbra, Débora Tomaz; o pastor capelão Gerson Prates e a coordenadora do EAD Onélia Vargas. Estavam representados os municípios de Arroio do Sal, Dom Pedro de Alcântara, Mampituba, Morrinhos do Sul, Terra de Areia, Três Cachoeiras e Três Forquilhas.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email
Share on print

Leia também:

Acesso Rápido

Turismo

Gabinete e Procuradoria

Secretarias

Setores

Cidadão

Empresa

Servidor

Guias e Formulários

Previdência Social - RPPS

Transparência

Skip to content