Programação da Tenda Cultural atraiu visitantes do Balonismo

A Tenda Cultural foi palco de inúmeras apresentações planejadas e executadas pela equipe da Secretaria Municipal de Cultura e Esporte, sendo também o espaço onde ocorreu o concurso de balão mais votado das escolas municipais, realizado pela Secretaria Municipal de Educação.

A escolha das atrações teve por norte contemplar os vários segmentos artísticos locais e regionais, onde foi elencado uma amostra do que há de melhor em cada área na região.
A área da dança contou, sem dúvida, com os maiores públicos que lá passaram durante os dias de Balonismo. A cada companhia de dança o espaço lotava de familiares que iam prestigiar os bailarinos mas também o turista que visitava o Parque atraído pelo movimento da tenda e assim tínhamos um público eclético de várias partes do país.

Os grupos étnicos como o grupo AçorSul, de Sombrio, e o grupo Açoriano, do Passo de Torres,  fizeram a tenda lotar quando seus cantores iniciaram seu canto e quando os bailarinos açorianos subiram no palco. Neste momento o público foi arrebatado pela história recontada desse povo representativo de nossa região.

A invernada tradicionalista do CTG Porteira Gaúcha que abriu a programação da Tenda no primeiro dia emocionou o público com sua invernada mirim. E o CTG Querência das Torres que encerrou a programação da Tenda lotada, também emocionou com a homenagem feita ao Balonismo, ainda mais quando os artistas através de sua dança contaram a história de dificuldades que o CTG viveu nos últimos anos.

Os grupos musicais também tiveram uma participação importante no sucesso da Tenda, pois tivemos além da música gaúcha, a representatividade da música argentina em homenagem ao turista argentino que ajudou a formar a memória identitária local assim como o reggae do Acústico Semitom que fixa a cultura praieira entre a nossa juventude. Também foi destaque o samba do grupo Vem Sambar com um show a parte, tanto no palco quanto junto a plateia, quando fez uma roda de samba para que todos pudessem sambar e cantar.

Ainda foi muito prestigiado pelo público, as palestras que tratavam sobre a riqueza e geossítios da região, a respeito da história do balonismo, assim como o Encontro das Soberanas do Balonismo, ou ainda a importância do grupo de teatro que levou entretenimento a crianças de 0 a seis anos que lá estavam.

Diante disso tudo, a diretora de Cultura, da Secretaria de Turismo, Cultura e Esporte, Maria do Carmo Conforti Rodrigues, disse que a Tenda Cultural foi exitosa em todo seu planejamento e apenas refletiu o sucesso do evento do 30º Festival Internacional de Balonismo. Ela agradece ao Sesc que foi parceiro na construção de todas as atividades e que graças a esta parceria foi garantido o êxito da Tenda Cultural.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email
Share on print

Leia também:

Acesso Rápido

Turismo

Gabinete e Procuradoria

Secretarias

Setores

Cidadão

Empresa

Servidor

Guias e Formulários

Previdência Social - RPPS

Transparência

Skip to content