Serviços da Secretaria Municipal de Assistência Social já registram quase cinco mil atendimentos em 2021

Balanço realizado pela Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos na prestação de serviço realizada nos primeiros três meses de 2021, já apontam quase cinco mil atendimentos. Conforme o secretário Fábio da Rosa, somando os diversos atendimentos nos diferentes serviços prestados pela Secretaria, foram registrados exatamente 4.803 famílias ou indivíduos acolhidos. O secretário agradece a colaboração dos servidores para o resultado das ações e também a todas as parcerias que contribuíram para este número. O propósito é ampliar ainda mais o atendimento.

Conheça a atuação da Secretaria:

CRAS – Centro de Referência de Assistência Social que é uma unidade pública estatal descentralizada da política de Assistência Social, responsável pela organização e oferta de Serviços da Proteção Social Básica do Sistema Único de Assistência Social (SUAS), Foram realizados 1.785 atendimentos a população nos primeiros meses deste ano, sendo realizados 271 visitas domiciliares para concessão de benefícios eventuais ou visitas socioeconômicas e 20 visitas domiciliares especificamente para encaminhamentos do BPC-Benefício de Prestação Continuada.
Concessão de 526 Benefícios Eventuais: 457 cestas básicas, 53 gás, 07 auxílio natalidade e 09 auxílio por morte.

SCFV- Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos é um conjunto de serviços realizados em grupos, de acordo com o seu ciclo de vida, e que busca complementar o trabalho social com famílias e prevenir a ocorrência de situações de risco social. Neste período de Pandemia os grupos vem acontecendo de forma remota através da Equipe técnica(Educador Físico, Educador Social Artes e Assistente Social). Foram realizados 905 atendimentos através dos grupos de idosos, mulheres, crianças e adolescentes.

CREAS – Centro de Referência Especializado de Assistência Social é uma unidade pública da política de Assistência Social onde são atendidas famílias e pessoas que estão em situação de risco social ou tiveram seus direitos violados. Foram realizados 1064 Atendimentos individualizados: 553 janeiro, 249 fevereiro e 262 março
66 Visita e abordagens sociais: 22 janeiro, 26 fevereiro e 18 março
28 Benefícios Eventuais( cestas básicas, passagens e gás).
Foram 122 novos usuários da população em situação de rua inseridos em atendimento no CREAS neste Trimestre.
102 atendimentos aos usuários da população de rua no Acolhimento Provisório para pernoitarem no GIBAL.

Central de Cadastro Único – O Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal é o principal instrumento de identificação e caracterização da situação socioeconômica das famílias de baixa renda que residem no Município. É a inscrição no Cadastro Único que permite às famílias de baixa renda o acesso aos Programas Sociais do Governo Federal como o Bolsa Família, a Tarifa Social de Energia Elétrica, o Benefício de Prestação Continuada (BPC) entre outros, mas vale lembrar que estar no Cadastro Único não significa a entrada automática nesses programas, pois cada um deles tem suas regras específicas. foram realizados 1049 atendimentos de inclusões, atualizações e atendimentos em geral para sanar dúvidas sobre o Programa e o auxílio emergencial do Governo Federal. Atendidos 301pessoas em janeiro, 260 em fevereiro e 486 no mês de março.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email
Share on print

Leia também:

Acesso Rápido

Turismo

Gabinete e Procuradoria

Secretarias

Setores

Cidadão

Empresa

Servidor

Guias e Formulários

Previdência Social - RPPS

Transparência

Skip to content