Com altas temperaturas e falta de chuva, Prefeitura realoca peixes do Parque da Guarita para o Rio Mampituba

Em consequência das altas temperaturas e falta de chuva, os peixes dos açudes do Parque da Guarita estão sendo realocados para o Rio Mampituba. A ação é da Secretaria do Meio ambiente e Urbanismo visando evitar a mortandade de peixes. Com pouca água e alta temperatura, o lodo esquenta, podendo o barro até cozinhar os pequenos cardumes. A ação se refere apenas aos peixes nativos, como traíra e cará, por exemplo. Os peixes exóticos como carpa e tilápia, exigem outro manejo., eles não podem ser lançados no sistema natural.

O secretário Júlio Agápio explica que estes açudes por terem sido cavados, dependem só da chuva. Colocar água da Corsan no local, é uma alternativa que está fora de cogitação, por referir-se a água tratada que poderia comprometer a fauna e flora do local.

Além de monitorar os lagos do Parque, a Secretaria já está em estado de alerta para a os peixes da Lagoa do Violão. Em virtude dos anúncios de altas temperaturas para os próximos dias, a Secretaria está com atenção especial na espécie tilápia, peixe exótico, com grande população na Lagoa, muito sensível com baixas ou altas temperatura na água. O secretário prevê que se a temperatura da água chegar aos 28 graus, ocorrerá uma mortandade de tilápias por advento natural e não por causa de esgoto ou outra descarga de algum poluente.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email
Share on print

Leia também:

Acesso Rápido

Turismo

SERVIÇOS

Gabinete e Procuradoria

Secretarias

Setores

Cidadão

Empresa

Servidor

Guias e Formulários

Previdência Social - RPPS

Transparência

Imprensa e Identidade visual

Skip to content