Na “prova especial” de hoje, nenhum piloto conseguiu marcar no cestinho do Guga Balões

Na manhã desta quinta-feira, 21 de abril, três provas foram realizadas neste 32º Festival Internacional de Balonismo, assim como na manhã de ontem. As ótimas condições: do tempo permitiram ao responsável técnico pelo evento, Bruno Schwartz, da Air Show, autorizar, na sequência, as seguintes provas: Fly-In, com alvo fora do Parque, na Igrejinha, da Salinas; a Gordon Bennet Memorial, com alvo na Arena de Balões e por último, a Caça à Raposa, balão da Rádio Maristela, conduzido por ele.

O grande diferencial nesta quinta, é que ainda ocorreu uma “prova especial”. Além do alvo próximo da Igrejinha das Salinas, havia outro alvo, bem em cima do alvo oficial, um cestinho medindo 40cm por 30cm. O piloto que conseguisse jogar a marca dentro do cestinho, ganhava um cesto novo do Guga Balões. Mas o vento não estava favorável, ninguém ganhou o cesto. A torcida era grande.

O alvo na prova Fly-In ficou aberto até 8h30min; o da Gordon Bennet Memorial foi retirado às 9h30min e o da Caça à Raposa, às 10h. O balão Raposa saiu em direção à beira-mar da praia Itapeva.

O torrense João Vitor Justo, o João do Balão, continua liderando o 32º Festival.

Leia também:

Acesso Rápido

Turismo

SERVIÇOS

Gabinete e Procuradoria

Secretarias

Setores

Cidadão

Empresa

Servidor

Guias e Formulários

Previdência Social - RPPS

Transparência

Imprensa e Identidade visual

Skip to content