Prefeitura mantém ação social no Presídio de Torres

A Prefeitura de Torres, através da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos e o Cras ( Centro de Referência de Assistência Social) é colaboradora do Presídio Estadual Feminino de Torres – PEFT. Cinco máquinas de costura industrial do Cras estão emprestadas para a implementação da Oficina de Artesanato que iniciou dia 10 de julho nas dependências do Pavilhão do Presídio.

A Oficina tem enfoque nas diversas técnicas de Patchwork, contemplando inicialmente 12 reclusas dos regimes fechado e semiaberto. A Oficina conta também com a colaboração da Base Tecidos de Novo Hamburgo, com a professora Rejane Pereira, voluntária sensibilizada com a proposta e com o Judiciário.

A proposta é possibilitar o acompanhamento sistemático das reclusas pelo serviço social (assistente social Juliana M. Einsfeld) na perspectiva de habilidade da técnica, reinserção social, geração de renda no cárcere e vida livre, exercício da cidadania e saúde mental. Com a iniciativa, a Prefeitura contribui para a ressocialização das reclusas.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email
Share on print

Leia também:

Acesso Rápido

Turismo

Gabinete e Procuradoria

Secretarias

Setores

Cidadão

Empresa

Servidor

Guias e Formulários

Transparência