Vigilância Ambiental em Saúde orienta construtoras e condomínios ao combate do mosquito Aedes aegypti

A Vigilância Ambiental em Saúde enviou no início desta semana, 19 de março, uma correspondência às construtoras e administradoras de condomínios de Torres, com dicas e cuidados que devem ter as obras e edifícios para combate e controle do Aedes aegypti.

Para as construtoras foi enviado uma lista com orientações do que deve ser observado nas construções para evitar a proliferação de insetos, além da disponibilidade da equipe em realizar palestras com os trabalhadores da construção civil.

Para as administradoras de condomínios também foi enviada uma relação de cuidados que se deve ter nos edifícios, pois nem sempre os agentes de endemias conseguem realizar as visitas nesses locais pela maioria dos apartamentos estarem fechados ou não localizar o responsável pelo imóvel.

Conforme o diretor de Vigilância em Saúde, biólogo Lasier França, com estas pequenas ações queremos cada vez mais a participação de todos na luta contra o Aedes, “pois ele está no nosso meio e não queremos que o pior aconteça”. Somente em 2018 já são mais de 60 focos, o que é muito preocupante, concluiu.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email
Share on print

Leia também:

Acesso Rápido

Turismo

Gabinete e Procuradoria

Secretarias

Setores

Cidadão

Empresa

Servidor

Guias e Formulários

Previdência Social - RPPS

Transparência