Educação cria Plano de Ações Pedagógicas para o período de suspensão das aulas

A Secretaria Municipal de Educação de Torres, perante o ​cenário epidemiológico atual e a sua responsabilidade junto à comunidade escolar, elaborou seu Plano de Ações Pedagógicas de caráter excepcional, de acordo com as orientações nacionais e internacionais e considerando suas concepções pedagógicas e realidade local. A aplicação do referido plano é dinâmica, podendo ser atualizada conforme o surgimento de novas informações e orientações. O Setor Pedagógico da Secretaria ressalta que a ação escolar, neste momento, não deve ser pautada na quantidade e no avanço de conteúdos. Segundo a equipe técnica, estamos vivendo um período específico, cuja preocupação deve estar voltada para a saúde pública e individual, não apenas física, mas também emocional.
A educação deve garantir a qualidade e compromisso com o desenvolvimento de todos e de cada um, ainda que tenham que esperar um longo período para reiniciar esta caminhada. As atividades propostas durante o período de isolamento, devem respeitar as condições tecnológicas, estruturais, emocionais, a ausência física do professor, as necessidades especiais dos alunos e as condições precárias de muitas famílias. Pensar possibilidades de momentos de contato, ainda que virtual, dos professores com seus alunos, para diálogos, trocas e revisão de atividades propostas, orientar as famílias da Educação Infantil, cuja ação pedagógica está centrada nas vivências e na socialização. O Plano de Ações Pedagógicas COVID-19 da SME prevê:

– ETAPA 1: Envio de atividades e mensagens às famílias para fortalecimento de vínculo
Início das atividades: 31/03/2020
Ação: Vídeos dos professores e equipes diretivas, mensagens de otimismo e atividades recreativas e culturais foram postadas nas redes sociais de cada unidade escolar.

– ETAPA 2: Formação Continuada obrigatória para professores, especialistas,monitores e auxiliares de creche
Início das atividades: 03/04/2020
Ação: Formação Continuada EAD, para professores, monitores, auxiliares e especialistas, efetivos e contratados, com Carga Horária mínima de 40h por vínculo, incluindo cursos obrigatórios para todos (a exemplo o Curso Lei Maria da Penha – 30h, disponibilizado pelo Ministério Público e Lei Lucas, promovido pelo Corpo de Bombeiros – 20h e obrigatório para monitores).

– ETAPA 3: Distribuição de Alimentação Escolar para os alunos
Início: 15/04/2020
Ação: ​Organização dos alimentos enviados pela SME em kits a serem distribuídos entre os alunos da rede municipal. Frentes de trabalho formadas pelos:
– Monitores contratados na montagem e organização dos kits
– Professores e especialistas contratados no atendimento e entrega às famílias de seus alunos.

– ETAPA 4: Reuniões de planejamento dos professores e equipes diretivas
Início: 16/04/2020
Ação: ​Retorno das atividades pedagógicas sistemáticas nas escolas, respeitadas as orientações sobre prevenção de contágio, com reuniões semanais para planejamento das atividades remotas, avaliação das atividades e planejamento do período pós pandemia (atividades, calendário, acolhida dos alunos, avaliação)

– ETAPA 5: Envio de atividades remotas aos alunos da rede municipal de ensino
Início: 20/04/2020
Ação: ​Envio de atividades pedagógicas aos alunos da rede municipal, mediante regramento estabelecido pela mantenedora, prevendo:

Ed. Infantil (Berçário à Pré 2)
– Envio semanal de atividades para as famílias e crianças, com o intuito de estreitar vínculos afetivos, promover práticas de brincadeiras livres ou orientadas, vídeos de música, histórias contadas e ações de vida prática tão essenciais na construção da autonomia e desenvolvimento de habilidades das crianças, através de rede social, Facebook ou WhatsApp, devidamente regulamentada quanto ao seu uso.
– As famílias que não possuem acesso aos recursos digitais, devem ser contatadas pela escola para orientações de forma física. As escolas também deverão ter um acervo de livros/ou brinquedos para disponibilizar para as famílias que não possuem esse acesso, visando proporcionar que as propostas da escola cheguem até as crianças.

Ensino Fundamental (1º ao 9º Ano)
– Envio de atividades nas ​segundas e terças​, através de cronograma que intercale as disciplinas, para evitar uma sobrecarga de atividades aos alunos e plantão para revisão e diálogo com os alunos nas quartas e quintas​. As atividades são enviadas por grupos de WhatsApp e Facebook.
– Aos alunos que não possuem acesso a WhatsApp, é disponibilizada a retirada das atividades na escola, bem como uso de recursos tecnológicos da instituição para contatar os professores durante os plantões para correções e dúvidas;

ETAPA 6: Registro dos Planejamentos e Atividades no Sistema Betha, na Aba Atividades EAD
Início: 20/04/2020
Ação: ​Professores efetivos e contratados devem alimentar o Sistema Betha, com os registros das atividades realizadas durante o período de suspensão das aulas presenciais, na plataforma, campo EAD. Contudo, cabe ressaltar que, neste momento, o Sistema de Ensino Municipal ainda não tem regulamentado o ensino a distância.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email
Share on print

Leia também:

Acesso Rápido

Turismo

Gabinete e Procuradoria

Secretarias

Setores

Cidadão

Empresa

Servidor

Guias e Formulários

Previdência Social - RPPS

Transparência

Skip to content