A Região 04 05, onde se integra o município de Torres, passou para a bandeira vermelha

Ao vivo, na tarde deste sábado, 20 de junho, o governador Eduardo Leite anunciou, através do Facebook do Governo do Estado, os resultados da nova rodada do Distanciamento Controlado no Rio Grande do Sul. Regiões de Porto Alegre, Canoas, Novo Hamburgo, Capão da Canoa e Palmeira das Missões foram para a bandeira vermelha. Municípios terão 24 horas para pedir reconsideração da classificação. Na segunda-feira, o governo analisará os recursos e as medidas valerão a partir de terça-feira.

O resultado se deu devido à piora nos indicadores de propagação da Covid-19 e da capacidade de atendimento do sistema de saúde, A Região 04 05 compreende os 23 municípios do Litoral Norte. Sob bandeira vermelha, o comércio de rua só pode funcionar para vender itens essenciais (artigos de saúde, alimentos, higiene, entre outros), e desde que com limitação de 50% no número de funcionários. Os demais tipos de estabelecimento devem permanecer fechados.

A partir da próxima rodada, o Estado deverá adotar um novo formato de atualização do modelo de distanciamento controlado contra o coronavírus. Os dados que servem como base para a atribuição das diferentes bandeiras serão agrupados na quinta-feira, consolidados na sexta e enviados aos municípios para eventuais contestações.

O gabinete de crise se reunirá às segundas-feiras para avaliar as alegações. Na mesma data, o resultado final  será divulgado e começará a valer a partir de terça.

A bandeira vermelha indica “risco alto” e resulta em mais restrições ao funcionamento do comércio e de serviços. Torres terá que seguir o modelo de distanciamento estabelecido pelo governo estadual que impõe uma série de restrições a partir desta terça-feira (23), incluindo o fechamento do comércio varejista, de academias, salões de beleza, entre outros.

Restaurantes e lancherias ficam proibidos de receber clientes no local, mas podem atender em sistema de tele-entrega, drive-thru e pegue e leve. Academias, missas e serviços religiosos, clubes sociais e esportivos (mesmo que com atendimento individual), e serviços de higiene pessoal, como cabeleireiro e barbeiro, por exemplo, passam a ser totalmente vedados.

O quê muda com a bandeira vermelha pode ser conferido no site do Governo do Estado e na tabela elaborada logo abaixo.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email
Share on print

Leia também:

Acesso Rápido

Turismo

Gabinete e Procuradoria

Secretarias

Setores

Cidadão

Empresa

Servidor

Guias e Formulários

Previdência Social - RPPS

Transparência

Skip to content