Prefeito convoca reunião para deliberações da nova rodoviária de Torres

Em reunião, na manhã desta sexta-feira, 01 de outubro, o prefeito Carlos Souza recebeu os atuais proprietários do prédio da rodoviária de Torres, o representante da Viação Unesul e Expresso São Marcos, juntamente com o presidente da Câmara de Vereadores de Torres, Gibraltar Pedro Cipriano Vidal, o vereador Rafael Silveira, os secretários do Planejamento e Participação Cidadã, Matheus Junges e de Obras e Serviços Públicos, Mauro Marcelo Dias de Jesus, para buscar a melhor solução provisória de embarque e desembarque de passageiros.

A pauta foi deliberar que o novo local de embarque e desembarque dos ônibus seja, provisoriamente por 60 dias, ao longo da via que passa por dentro da atual rodoviária, para que a população e turistas tenham um local propício e central para realizar esta operação.

A administração municipal segue seus esforços para que a situação da localização definitiva da rodoviária de Torres seja esclarecida. O prefeito Carlos Souza, juntamente com os secretários municipais e a Câmara de Vereadores buscam com o Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem – DAER RS os esclarecimentos necessários. E irá na próxima semana convocar uma reunião com o Governo do Estado juntamente com o DAER, para que essa situação seja esclarecida o quanto antes.

Em tempo, sabe-se que a responsável pela viabilidade da nova rodoviária de Torres e da gestão do transporte rodoviário no estado do Rio Grande do Sul, é exclusivamente o DAER.

Em linhas gerais em dezembro de 2020 foi aberta uma licitação para nova concessão da rodoviária e a empresa Kurz & Leal Ltda Terminais Rodoviários foi a escolhida. O DAER informou que a empresa ainda não assinou contrato de concessão pois requer exigências que ainda não foram apresentadas.

No dia 15 de setembro deste ano, o Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem procurou o município indicando um local para instalação da nova rodoviária, o mesmo foi negado pela administração pois se travava de um local impróprio para tal operação.

No dia 23 de setembro, através de um ofício enviado pela secretaria de Planejamento e Participação Cidadã, destinado ao sócio proprietário da empresa Kurz & Leal, Arthur Guilherme Otto Leal, atesta sobre a análise do pedido de viabilidade de implantação do Terminal Rodoviário e para que seja dado seguimento na analise de viabilidade e de locais, conforme ofício, eram necessários vários esclarecimentos, o que até a presente data não foi informado a prefeitura, como: planta do prédio, áreas de manobras, estudo de fluxo viário, dentre outros. Desde então o novo concessionário não indicou nova possibilidade de local.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email
Share on print

Leia também:

Acesso Rápido

Turismo

Gabinete e Procuradoria

Secretarias

Setores

Cidadão

Empresa

Servidor

Guias e Formulários

Previdência Social - RPPS

Transparência

Skip to content