Prefeitura e moradores dialogam sobre o encaminhamento de melhorias na Vila São João

O programa ‘Meu Bairro Melhor” realizado na última sexta-feira, 20 de outubro, na Vila São João, contou à noite com a presença de um grande número de moradores para o bate-papo com o prefeito Carlos Souza e secretários sobre realizações no local e ainda com a grande participação de mulheres durante todo o evento, em busca dos serviços de beleza oferecidos pelas parcerias da Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos. Nesta edição, bastante produtiva, foram abordadas antigas demandas da comunidade como a elevada do viaduto da Vila e os alagamentos próximos do Rodeio. Ainda nesta edição, foi lançada a Campanha de Combate à Violência Sexual Infantil pela Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos.

Serviço de limpeza em geral, corte de grama, de galhos, pintura do meio-fio e limpeza de bueiros foram realizados desde a parte da manhã pelos integrantes do Programa Frente Emergencial do Trabalho em ruas como a Manoel Oliveira Carneiro e a São José Operário. O serviço foi acompanhado pelo prefeito, que ainda esteve na elevada da Vila e nas ruas próximas ao Rodeio, conversando com os moradores.

No mutirão das ações oferecidas pela Prefeitura no Salão Paroquial São José Operário onde ocorreu o programa, as duas Secretarias mais procuradas foram a Saúde e a Assistência Social. No levantamento de dados constam 42 atendimentos médicos, 22 odontológicos, cinco atendimentos com nutricionista, quatro atendimentos psicológicos do CAPS e 48 aferições de pressão. Ainda foi realizado o trabalho de prevenção odontológica com a entrega de 300 kits, principalmente junto aos estudantes da Escola Fundamental Manoel de Oliveira Carneiro.

O trabalho voluntário de mulheres torrenses ligadas à área da beleza levou muitas moradoras ao Salão Paroquial. De acordo com a secretária Neusa Carlo, da Assistência Social e Direitos Humanos, este time deverá participar das demais edições do “Meu Bairro Melhor”. Esta foi a prestação de serviço: manicure, 23; limpeza de pele, 22; cabelo e corte, 18; sobrancelha, 17; e maquiagem, seis. A Secretaria agradece o apoio do Salão Beauty Hair, de Juliana Strege, que atuou como manicure, da designer de sobrancelhas, Júlia Strege; de Mady Hartz que penteou e cortou os cabelos, e de Rozé Ribeiro, representante de Mari Kay, que fez a limpeza de pele e maquiagem,

COMBATE À VIOLÊNCIA SEXUAL INFANTIL

Na reunião com os moradores, o prefeito Carlos Souza informou que nos próximos dias vai apesentar um projeto de melhorias na elevada do viaduto da Vila. Exibiu um documento de liberação para obra por parte do DNER, onde também constava que os recursos deveriam ser oriundos da Prefeitura e sem ressarcimento futuro na eventualidade de um dia o Departamento necessitar da área. Outro encaminhamento junto aos moradores foi com relação aos alagamentos existentes nas ruas próximas ao Rodeio. O prefeito e o secretário de Obras e Serviços Públicos, Davino Lopes, trataram da drenagem. Estiveram no local e alternativas técnicas já estão sendo analisadas para a questão. Ficou acertado ainda com os moradores, que após concluídos os trâmites para funcionamento das câmeras de monitoramento em Torres, a Vila será contemplada.

Outras demandas foram apresentadas, como asfaltamento em algumas vias, por exemplo. Ninguém ficou sem resposta. Todas as indagações foram respondidas pelos secretários das áreas. Além dos moradores, prestigiaram o evento, os vereadores Zete Silveira, Jeferson de Jesus Santos, Carlos Jacques, Fábio da Rosa e Val Bresolin. Também vieram conhecer a programação do “Meu Bairro Melhor”, o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Torres, José Matos: o presidente da Associação dos Moradores do Bairro São Francisco, Pedro Ramão. Na oportunidade, o presidente da Associação dos Moradores da Vila São João, Manoel Jovelino de Carvalho, agradeceu pela realização do programa no bairro.

Durante esta edição do “Meu Bairro Melhor”, foi lançada a Campanha de Combate à Violência Sexual Infantil pela Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos, por meio do CREAS- Centro de Referência Especializado de Assistência Social. No lançamento, a secretária Neusa Carlo disse que o objetivo desta Campanha é o de tornar Torres uma referência nesta ação. “Proteger é Vital”, enfatizou. No material da campanha consta muitas informações sobre o tema, como por exemplo, que o abuso sexual nem sempre está associado a lesões corporais. “Qualquer forma de contato e interação sexual entre um adulto e uma criança, onde o adulto utiliza-se desta para sua própria estimulação, é uma violência sexual infantil”.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email
Share on print

Leia também:

Acesso Rápido

Turismo

Gabinete e Procuradoria

Secretarias

Setores

Cidadão

Empresa

Servidor

Guias e Formulários

Previdência Social - RPPS

Transparência

Skip to content