Espaço Rural no Balonismo: Farmácia Viva, Feira e Alimentação

O Espaço Rural no Parque do Balonismo é uma das grandes atrações deste 30º Festival Internacional de Balonismo. O objetivo é mostrar que Torres não é privilegiada apenas nas paisagens, mas também na produção rural do município. Um dos destaques é a Farmacinha Anjo da Natureza, que oferece remédios provenientes da mata nativa do Jacaré e elaborado por mulheres do Clube de Mães. Também no local, a culinária rural oferecida em lanches e refeições, a venda de produtos locais e de 11 agroindústrias que participam da Feira do Sabor Gaúcho e ainda a comercialização do artesanato indígena. O espaço é coordenado pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural e Pesca, Emater, Fetag e Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Torres

A culinária rural é disponibilizada por quatro associações de agricultores (APORT, BASE, AFARVE, APRODAVINTE) e pela Colônia dos Pescadores das 7h às 23h com opções para todos os gostos e bolsos. A comercialização acontece por unidade e por peso. Neste sábado foi grande a procura por pastéis de pescado, pães, bolos e bolachas. Na Feira da Agricultura Familiar, muita procura pela pitaya, banana, maracujá e orquídeas. Torres conta com mais de 500 agricultores familiares e o maior propósito neste momento, é incentivar a criação de agroindústrias no município.

Os remedinhos da farmacinha como são chamados carinhosamente pelo público, estão tendo boa saída. Com apoio técnico da Emater e da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural, eles são manipulados em espaço reservado na sede do Clube de Mães Nossa Senhora Aparecida, do Jacaré , por seis integrantes. A iniciativa nasceu há cerca de 12 anos num movimento feminino preocupado com a saúde de suas famílias.

FITOTERÁPICOS

Os fitoterápicos são procurados porque são eficazes, não trazem efeitos colaterais e têm valores acessíveis. Cada bisnaga conta-gotas custa entre 6,00 e 8,00. Trata-se de xaropes, elixires e essências utilizados na cura de problemas na circulação, ácido úrico, inflamação, pressão alta, colesterol, diabetes, entre outros. Conforme Leci Maria Benck Hahn, uma das incentivadoras da atividade, o grupo conta com estrutura para realizar os remedinhos, como forno para esterilização, geladeira, fogão… Porém, apesar do apoio da Prefeitura, Emater e Sindicato, poderiam aumentar a produção se recebessem mais suporte, como por exemplo, para as embalagens e ingredientes que são bastante usados como mel, própolis, açúcar mascavo e cachaça. Informa que cerca de 50 pessoas da comunidade utilizam os fitoterápicos regularmente. O Clube de Mães faz doação dos remédios para a população mais vulnerável.
.,

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email
Share on print

Leia também:

Acesso Rápido

Turismo

Gabinete e Procuradoria

Secretarias

Setores

Cidadão

Empresa

Servidor

Guias e Formulários

Transparência