MENU

No dia 1º de outubro, Prefeitura recebe propostas para a venda do Edifício Arara Azul

No próximo dia 1º de outubro, às 15h, a Comissão de Licitação da Prefeitura de Torres vai se reunir com a finalidade de receber propostas para a venda do imóvel Edifício Arara Azul, de propriedade do município de Torres, localizado na beira da Lagoa do Violão. No edital de concorrência para a venda do bem imóvel que se encontra no site da Prefeitura, consta, entre outras informações, que a reunião ocorrerá na Sala de Reuniões do Gabinete do Prefeito e o valor de avaliação, que constitui o mínimo a ser ofertado pelos concorrentes. A venda do prédio será investida exclusivamente em educação. A qualificação do ensino se dará por meio de obras pontuais já eleitas junto à comunidade.

O valor mínimo é de R$)2.700.000,00 – dois milhões e setecentos mil reais com valor caução de R$ 135.000,00 – cento e trinta e cinco mil reais. O edifício de três andares situa-se na Avenida José Maia Filho, 505, constituído de cinco salas comerciais, oito apartamentos e oito boxes de garagem. O imóvel possui área total de 1.176,20 metros quadrados e está avaliado em dois milhões e setecentos e cinquenta mil reais, conforme laudo de avaliação elaborado pela Comissão de Avaliação do Município. O prédio foi comprado em 2010 com o objetivo da gestão acolher a Educação que ocupava parte da Câmara Municipal.

Os documentos de habilitação e as propostas serão recebidos pela Comissão de Licitação no dia, hora e local mencionados, em dois envelopes distintos e fechados, como determina o edital de concorrência nº291/2018, um com o conteúdo de habilitação e outro com a proposta do interessado. Entre as obras que serão realizadas com esta venda, consta que parte do valor adquirido através do Edifício Residencial e Comercial Arara Azul será, obrigatoriamente, destinado à construção de uma nova escola de educação infantil, para atender, em média, 250 (duzentos e cinquenta) crianças. Caso não realizada a compra e venda do Edifício no prazo de 90 (noventa) dias, contados a partir da sanção desta Lei, deverá ser realizada nova avaliação.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on google
Share on pinterest
Share on email
Share on print