Vigilância Sanitária reforça orientação sobre proibição da venda de cigarros eletrônicos e produtos sem registro na ANVISA

A Vigilância Sanitária de Torres reforça o alerta aos comerciantes sobre a proibição da venda de cigarros eletrônicos no comércio e sobre a venda de produtos sem registro junto a ANVISA. A diretoria da Vigilância em Saúde esclarece que na recente decisão no começo do mês de julho, a Diretoria Colegiada da ANVISA manteve a proibição da comercialização de cigarros eletrônicos no Brasil, baseada na Resolução da Diretoria Colegiada nº 046/2009.

“Alertamos aos comerciantes que parem a venda, importação e propaganda de cigarros eletrônicos ou conhecidos como vaper, pod, e-ciggy entre outros, especialmente os que prometem alternativa ao cigarro e fumos similares, que comprovadamente aumentam o risco de danos à saúde por conter substâncias tóxicas e desconhecidas, e queimaduras causadas por explosões. Reforçamos aos comerciantes em não comercializar produtos sem o registro obrigatório na ANVISA, pois além de não oferecer nenhuma garantia de qualidade e segurança, também representam ameaça à saúde das pessoas”, orienta o diretor Lasier França.

Para mais informações, o contato com a Vigilância pode ser feito através do telefone (51) 36269150 ramal 407 e pelo whatsapp (51) 36261644

Leia também:

Acesso Rápido

Turismo

SERVIÇOS

Gabinete e Procuradoria

Secretarias

Setores

Cidadão

Empresa

Servidor

Guias e Formulários

Previdência Social - RPPS

Transparência

Imprensa e Identidade visual

Skip to content