Geoparque Caminhos dos Cânions do Sul e Prefeitura de Torres participam de ação alusiva ao Dia Mundial e Limpeza 2022

Na última sexta-feira, 23 de setembro, membros do Geoparque Mundial da UNESCO Caminhos dos Cânions do Sul e da Prefeitura de Torres através das Secretarias de Turismo e da Educação, realizaram uma ação alusiva ao Dia Mundial da Limpeza (World Clean Up Day), movimento cívico que teve início em 2008 na Estônia, e que se espalhou pelo mundo, sendo realizado normalmente no 3º final de semana de setembro.

A ação de limpeza foi realizada no Geossítio Parque da Guarita e sua praia, e teve como foco a coleta de bitucas de cigarro, o principal resíduo em termos unitários presente nas praias em todo o mundo. Também foram coletados alguns itens plásticos.

Participaram da ação: os técnicos do Parque da Guarita, membros do Geoparque e 28 alunos da Escola Municipal Santa Rita, sob coordenação da professora Andrea Mello do Projeto Primeiros Socorros Salvando Vidas e Resgatando Almas, os quais receberam material de proteção e recipientes para acondicionamento das bitucas e demais itens recolhidos.

Inicialmente, os alunos participaram de uma roda de conversa com o oceanólogo Geraldo Medeiros Lima, sobre o Parque da Guarita, sua história e seu patrimônio natural, e com o biólogo Rivaldo Raimundo da Silva sobre os danos ambientais e para a saúde associados à bituca de cigarro e aos resíduos plásticos. Segundo Rivaldo “é importante conhecer o ambiente no qual está se desenvolvendo a ação educativa e desta forma aumenta-se a chance de que ele seja respeitado”. Em seguida os alunos foram organizados em grupos que durante 20 a 30 minutos, cobriram uma área do parque, totalizando cerca de 1000m2 de área. Foram coletadas 2450 bitucas ainda mais de 20 Kg de resíduos plásticos.

Entre os resíduos plásticos um dos itens que chamou a atenção foram os palitos de pirulitos coletados na área dos brinquedos do parque, onde também havia grande quantidade de bitucas. Segundo Geraldo, “as crianças que jogam o palitinho de pirulito no chão estão seguindo o mau exemplo dos adultos que jogam a bituca”.

Ao final, alguns alunos fizeram seus depoimentos sobre a ação realizada: alguns ficaram impressionados com a quantidade de bitucas coletadas em tão pouco tempo. A aluna Evelyn Leffa citou a importância das “atitudes que promovem a consciência ambiental e que estas ações devem ser valorizadas, pois são importantes para o planeta” e aluno Jonatan de Freitas Ribeiro destacou a “importância da educação ambiental”

Segundo Rivaldo, “cada item coletado e destinado corretamente é uma agressão a menos à natureza, é menos animais mortos pela ingestão de plástico, é menos poluente no ambiente, porém mais importante do que a quantidade de material coletado foi a conscientização dos participantes na preservação do geossítio Guarita”.

Leia também:

Acesso Rápido

Turismo

SERVIÇOS

Gabinete e Procuradoria

Secretarias

Setores

Cidadão

Empresa

Servidor

Guias e Formulários

Previdência Social - RPPS

Transparência

Imprensa e Identidade visual

Newsletter

Obrigado por se inscrever em nossa newsletter.

Por favor, verifique seu email e clique na mensagem de confirmação para começar a receber o conteúdo.

Skip to content