FAÇA A SUA PARTE
ELIMINE A ÁGUA PARADA

O que fazer em caso de suspeita de dengue, zika ou febre chikungunya?

Caso apresente alguns dos sintomas presentes na tabela ou inchaço no corpo, dor de garganta, tosse e vômitos – que, embora menos frequentes também podem ser sintomas das doença – procure atendimento médico.

Sintomas

Dengue

Chikungunya

Zika

Febre

Febre alta ( >38º)
(dura 4 a 7 dias)

Febre alta ( >38º)
(dura 2 a 3 dias, início imediato)

Ausente ou baixa
(dura 1 a 2 dias)

Dores nas articulações

Dores leves
(podem estar presentes)

Dores intensas
(presentes em 90% dos casos)

Dores moderadas (quase sempre presentes)

Manchas vermelhas na pele

Não aparecem de imediato
(podem estar presentes)

Após 48h
(podem estar presentes)

Surgem nas primeiras 24h
(quase sempre presentes)

Coceira

Leve
(pode estar presente)

Leve
(presente em 50% dos casos)

Moderado / Intenso
(entre 50% a 80% dos casos)

Vermelhidão nos olhos

Leve
(pode estar presente)

Pode estar presente

Presente em mais de 50% dos casos

Dor muscular

Quase todos os casos

30% dos casos

65% dos casos

Sangramentos

Moderados

Leves

Ausentes

Gestante, confira os cuidados que você deve ter para se prevenir

Dengue, Zika e Chikungunyua são doenças transmitidas pelo mesmo mosquito, o Aedes aegypti. Para preveni-las é importante o combate aos criadouros e, no caso das gestantes, alguns cuidados de proteção individual.

Para as grávidas é indicado o uso de repelentes e de roupas que previnam o contato com o mosquito (calça e camisa de manga comprida), além de evitar exposição durante a manhã e final da tarde, períodos em que o Aedes aegypti costuma atacar as vítimas. Recomenda-se, também, a instalação de telas de proteção em portas e janelas.

Além disso, não esqueça de fazer o acompanhamento e as consultas de pré-natal, com a realização de todos os exames recomendados pelo médico.

Também não deve consumir bebidas alcoólicas ou qualquer outro tipo de drogas, não utilizar medicamentos sem orientação médica e evitar contato com pessoas com febre ou quadro de infecção.

O combate ao aedes não pode parar

Prevenir é a melhor forma de evitar a dengue, zika e chikungunya. A maior parte dos focos do mosquito está nos domicílios, assim as medidas preventivas envolvem o nosso quintal e também os dos vizinhos.

É simples e rápido combater o Aedes aegypti, siga essas dicas:

Não coloque flores em vasos com água! Use vasos com terra ou areia.

Faça furos nos vasos de flores.

Não deixe pratinhos embaixo dos vasos.

Não deixe embalagens PET, copos descartáveis ou outras embalagens expostas.

Retire a embalagem de celofane que envolve os vasos.

pneu com água

Não deixar água acumulando em pneus ou outras superfíces.

Ralo com tela

Manter sempre uma tela sobre o ralo pra impedir que os mosquitos entrem.

Piscina limpa

Manter o tratamento da piscina em dia.

Envie sua mensagem para a Vigilância Ambiental utilizando o formulário abaixo:

Informações

Newsletter

Acesso Rápido

Turismo

Gabinete e Procuradoria

Secretarias

Setores

Cidadão

Empresa

Servidor

Guias e Formulários

Previdência Social - RPPS

Transparência

Skip to content