Prefeito e autoridades ambientais mobilizados pelo Parque da Guarita

A regularização do acesso de veículos operacionais na Praia da Guarita foi o tema da reunião realizada nessa quarta-feira, 11 de janeiro, na Prefeitura de Torres, entre o prefeito Carlos Souza e representantes de organizações ambientais. Participaram do encontro membros do Conselho Municipal do Meio Ambiente, do Projeto Praia Limpa e da Fundação Gaia, representada pela presidente Lara Lutzenberger.

A reunião teve como foco esclarecer sobre a medida emergencial de colocação de material de forma irregular sobre a via de acesso até a faixa de praia, realizada no último final de semana, para manter o tráfego de veículos como bombeiros, ambulâncias, caminhões de coleta de lixo e de serviços para os quiosques. Os próximos procedimentos a serem tomados pela Prefeitura para regularizar esta questão, preservando o patrimônio e as características naturais do Parque da Guarita, também foram abordados na reunião.

De acordo com parecer emitido por técnicos ambientais da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo de Torres, anteriormente, o acesso de veículos era realizado através da ciclovia existente no Parque da Guarita. No entanto, o trânsito de veículos pesados danificou o pavimento da ciclovia e se tornou inviável o uso deste acesso para a faixa de praia. Com isso, em dezembro de 2016, o acesso de veículos passou a ser realizado através da área gramada do Parque, porém sem autorização formal para uso. Ainda de acordo com o parecer, com as chuvas recentes e o gramado encharcado, um dos veículos atolou. O material colocado para manter o acesso dos veículos por esta via e evitar novos atolamentos (mistura de saibro e caliça) é um material inerte, não poluente. O dano causado é sanável e a área pode ser recuperada. Grande parte do material já foi retirado.

O parecer dos técnicos ambientais reafirma a necessidade de se manter um acesso para veículos operacionais, desde que seja licenciado, observando condições como demarcação do acesso de veículos com material natural, utilização de veículos leves pelas empresas que realizam transporte de materiais até a faixa de praia e replantio de gramas nas margens. O acesso deverá ser provisório, com fechamento após a temporada de veraneio e recuperação plena do trecho e implantação de um novo acesso com capacidade adequada para trânsito de veículos através do trecho sul da ciclovia para a próxima temporada de verão. A apuração de responsabilidade sobre esta situação envolve necessariamente a participação das empresas prestadoras de serviços, cujos veículos utilizam a via.

O prefeito Carlos Souza demonstrou sua preocupação em preservar o Parque da Guarita e ressaltou que a Prefeitura já está trabalhando nestas medidas para manter o acesso de veículos de forma adequada, respeitando as condições colocadas pelos órgãos ambientais. “A minha preocupação é a mesma que vocês”, ressaltou o prefeito. Carlos Souza destacou também que as próximas ações da administração municipal terão como base o diálogo aberto com as entidades ambientais.

Lara Lutzenberger manifestou a importância da preservação do Parque da Guarita e de todo o patrimônio local tão cuidado por seu pai, José Lutzenberger. Lara colocou a Fundação Gaia à disposição da administração municipal para lutarem juntos em prol do Meio Ambiente em Torres. “Muito sensatas as medidas apresentadas pela Prefeitura. Fico feliz em ver que o senhor (prefeito) também está preocupado com esta situação”, ressaltou Lara, que se manifestou satisfeita com as perspectivas abordadas na reunião.

Durante o encontro, o prefeito se comprometeu também com a recuperação de características naturais do Parque observadas por Lara.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email
Share on print

Leia também:

Acesso Rápido

Turismo

Gabinete e Procuradoria

Secretarias

Setores

Cidadão

Empresa

Servidor

Guias e Formulários

Previdência Social - RPPS

Transparência

Skip to content