Causas naturais provocam mortandade de peixes na Lagoa do Violão

A Prefeitura de Torres, por meio da Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Urbanismo, está alerta com relação a mortandade de peixes que vem ocorrendo nos últimos dias na Lagoa do Violão. Vários fatores estão agindo conjuntamente, levando ao evento. Devido os últimos meses caracterizaram-se por altas temperaturas, aliadas a ausência de ventos, é ocasionada a falta de oxigenação na água. Todo este quadro, somado a superpopulação de algumas espécies, agrava a situação.

Estes eventos provocam a preocupação da população e da mídia, pois muitas vezes estão associados a contaminação e a poluição do ambiente. Na realidade, neste caso, diversos fatores podem levar à mortandade, e alguns estão relacionados a causas naturais.

Segundo a secretária do Meio Ambiente e Urbanismo, Eliana Machado, tendo em vista, a interação de diversos fatores, a Prefeitura já vem elaborando projetos para que estes eventos sejam minimizados, como aeração da Lagoa, realocação de algumas espécies de peixes, instalação de mais caixas de decantação de resíduos sólidos e sedimentos nos acessos dos efluentes pluviais da Lagoa do Violão(já foram instaladas 12 caixas no entorno da Lagoa), entre outros.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email
Share on print

Leia também:

Acesso Rápido

Turismo

Gabinete e Procuradoria

Secretarias

Setores

Cidadão

Empresa

Servidor

Guias e Formulários

Previdência Social - RPPS

Transparência