Prefeito convida vereadores para debater demandas municipais junto com o Secretariado

Nesta segunda-feira, 13 de março, foi aberto um grande diálogo entre a Prefeitura e os vereadores de Torres para juntos encaminharem soluções de questões pontuais da cidade. A convocação partiu do prefeito Carlos Souza que promoverá estes encontros no intervalo de quinze dias. Saúde, Educação, Meio Ambiente, Obras, entre outros, foram as pautas, sempre acompanhadas da preocupação com a crise financeira e de iniciativas para aumentar a arrecadação. Dos 13 vereadores do município, dez participaram da reunião. O encontro contou com a participação de todos os secretários municipais,

A sala de reuniões ficou lotada. Compareceram os vereadores Val Cabeleireiro e Fábio Rosa, ambos do PP; Jeferson, do PTB; De Goulart e Rogerinho, do PDT; Pardal do PRB; Gimi e Marcos Klassen, do PMDB; Zete, do PT, e Ernando Elias, da Rede. De uma maneira geral, os vereadores elogiaram a iniciativa da Prefeitura em convocar os vereadores para um debate.

O primeiro assunto a ser tratado foi o da alimentação escolar. De acordo com a secretária de Educação, Vilma Aguiar, devido o levantamento de que no ano passado foram gastos quase R$ um milhão e meio em comida, houve a necessidade de uma avaliação e após, a aplicação de uma disciplina na área. A alimentação deve ser oferecida somente aos estudantes. O transporte escolar também foi debatido amplamente com os vereadores. A secretária colocou que dos 900 alunos atendidos, 500 são do Estado e que é necessária uma avaliação da prestação de serviço.

O reajuste dos servidores foi outro tema discutido. 6.6% de reajuste é a reivindicação do Sindicato dos Servidores Municipais, porém, foi colocado pelo prefeito de que sendo deliberado este índice, dificilmente nos meses de outubro em diante, a Prefeitura continuaria a pagar os salários em dia, como acontece atualmente. A maior parte dos vereadores mostrou-se solidária com o prefeito. Técnicos da Fazenda e Administração vão analisar o assunto até a próxima quinta-feira.

A prestação do serviço público municipal oferecido da área da Saúde foi também bastante discutido nesta reunião. Número de exames, transporte, atendimento, entre outros, foram tratados. Conforme Carlos Souza, vários levantamentos são realizados para equacionar os problemas e em breve serão adotadas medidas para amenizar a situação. Questões pontuais no Planejamento, Meio Ambiente, Obras, Festival Internacional do Balonismo, que vai ocorrer entre os dias 28 de abri le 1º de maio, o Plano Diretor e o Aeroporto Regional de Torres ainda foram levantadas, todas respondidas pelos secretários municipais.

“Temos que arrumar recursos para colocar a Casa em dia” foi o que disse o prefeito no término da reunião, lembrando da dívida financeira em que recebeu a Prefeitura. Educação e Saúde são as secretarias onde encontram-se os maiores valores e gargalos. Desde o início da gestão, dentro da legalidade, estão sendo encaminhadas alternativas para aumento da arrecadação. Projetos são enviados para a busca de recursos. Carlos Souza ainda falou de sua viagem a Brasília que avaliou como positiva. Ele agradeceu a contribuição dos vereadores e colocou a Prefeitura à disposição para mais esclarecimentos.

Carmem Gonçalves- Diretoria de Comunicação e Marketing

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email
Share on print

Leia também:

Acesso Rápido

Turismo

Gabinete e Procuradoria

Secretarias

Setores

Cidadão

Empresa

Servidor

Guias e Formulários

Previdência Social - RPPS

Transparência

Skip to content