Reunião do Gabinete de Gestão Integrada Municipal vai encaminhar ações de combate à violência

Um passo importante para a segurança pública de Torres começou nessa última terça-feira, 9 de julho. Foi realizada a primeira reunião do Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGI-M), com a participação do prefeito Carlos Souza, secretário de Administração e Atendimento ao Cidadão, Enoir Rosa, e várias autoridades ligadas à segurança pública. Ações preventivas fizeram parte da pauta, como cercamento eletrônico, por exemplo. O propósito é que todos os projetos da área sejam lançados dentro do GGI-I. Nova reunião está marcada para o dia 30 de julho.

O prefeito iniciou a reunião apresentando o decreto do GGI-M e seu objetivo. Informou que melhorou a iluminação pública nos pontos turísticos como intuito de proporcionar maior segurança e que a iniciativa será em breve aplicada também nos bairros e centro da cidade. Ficou estabelecido que ocorrerá uma reunião mensal do Gabinete de Gestão Integrada e que a pauta a ser discutida será conhecida anteriormente. A próxima será no dia 30 de julho, às 14h, com local a ser determinado.

O objetivo do GGI-M é estabelecer o sistema de integração entre as instâncias federativas, os órgãos públicos estaduais e municipais, nos temas de segurança pública, tornando mais ágil e eficaz a comunicação entre os órgãos que o integram. A iniciativa vai contribuir para a harmonização da atuação e integração operacionais de fiscalização, prevenção, investigação, informação e repressão, respeitando as competências. Desta maneira serão propostas conjuntamente soluções no combate ao crime.

Durante a reunião, quando abordada a prevenção, o diretor da Guarda Municipal, Jairo Morelle, apresentou uma proposta de projeto sobre o cercamento eletrônico com câmeras de monitoramento com tecnologia de ponta, dentro do município. Demonstrou através de um mapa projetado, os pontos possíveis para instalação das câmaras. Foram muitas as sugestões e ideias, devendo o assunto voltar à pauta. A intenção é que até o final do ano, o cercamento eletrônico esteja em prática.

Foi sugerida como primeira ação em conjunto, uma abordagem na Prainha, devido a presença de jovens que consomem bebidas ocasionando sujeira e vandalismo. Será convocada a presença do Conselho Tutelar de Torres na ação. O prefeito indicou marcar para breve uma data para a atividade. Entre os participantes da reunião, estavam representadas, a Procuradoria Geral do Município, a Brigada Militar, o Corpo de Bombeiros, o Conselho Comunitário Pró-Segurança Pública, entre outros. Para o delegado da Polícia Civil, Juliano Carvalho, “reuniões como esta é de suma importância, pois esta forma é a mais adequada para traçar demandas, ações e resultados”.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email
Share on print

Leia também:

Acesso Rápido

Turismo

Gabinete e Procuradoria

Secretarias

Setores

Cidadão

Empresa

Servidor

Guias e Formulários

Transparência