Vigilância em Saúde participa de debate de políticas e ações de saúde do trabalhador

Referências técnicas das Vigilâncias em Saúde do Trabalhador que atuam na região macro metropolitana participaram de um seminário na última quinta-feira, 17 de outubro, em Porto Alegre. O objetivo da atividade, foi debater formas de ampliar as notificações de agravos em saúde do trabalhador nesta região, que envolve municípios da 1ª, 2ª e 18ª Coordenadorias Regionais de Saúde, onde inclui-se Torres, que foi representada pelo diretor de Vigilância em Saúde, Lasier França, e pelo Coordenador de Epidemiologia, Renan Monteiro.

Neste território, mais de 70% das notificações são relacionadas a acidentes de trabalho. “O restante diz respeito a Ler-Dort (lesões por esforços repetitivos e distúrbios osteomusculares relacionados ao trabalho), transtornos mentais relacionados ao trabalho e intoxicações exógenas.”, informa a coordenadora da Divisão de Vigilância em Saúde do Trabalhador da Secretaria da Saúde (SES/RS), Andréia Gnoatto,

No evento ocorreu a discussão por grupos de trabalho sobre práticas de gestores municipais e apresentação de relatos de experiências. Conforme Andréia, a intenção é que, a partir do que foi exposto, os profissionais “possam reconhecer o Estado, por intermédio de suas Coordenadorias Regionais de Saúde e do Cevs (Centro Estadual de Vigilância em Saúde), como parceiros para as ações necessárias à saúde do trabalhador”.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email
Share on print

Leia também:

Acesso Rápido

Turismo

Gabinete e Procuradoria

Secretarias

Setores

Cidadão

Empresa

Servidor

Guias e Formulários

Previdência Social - RPPS

Transparência