MENU

Ação conjunta em Torres vai orientar e fiscalizar veículos na faixa de areia das praias

Com o propósito de educar visitantes e moradores quanto às restrições de veículos nas faixas de areias das praias, será realizada na próxima sexta-feira, dia 18, a partir das 14 h, a primeira ação educativa e de fiscalização de 2019 no local. A iniciativa é uma atuação conjunta envolvendo a Prefeitura de Torres, através da Secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo e da Secretaria de Obras e Serviços Públicos, com a Brigada Militar, Batalhão Ambiental, Corpo de Bombeiros, Parque Estadual da Itapeva e Conselho Municipal do Meio Ambiente.

Conforme o secretário municipal do Meio Ambiente e Urbanismo, Júlio Agápio, a atividade resulta de reunião realizada nesta sexta-feira, dia 11, na Prefeitura. Durante esta semana, as Secretarias do Meio Ambiente e a de Obras estarão revisando e atualizando a sinalização padrão com placas de proibição de acesso de veículos automotores às praias e ainda placas de acesso operacional, caso de ambulâncias, Corpo de Bombeiros e outros. O abastecimento dos quiosques deve ser acessado por estes pontos, tendo como limite de horário, às 8h.

A primeira ação deve percorrer toda a faixa de areia, da Paraíso até a Itapeva. Em todo a extensão da orla, os motoristas infratores serão identificados e orientados quanto à legislação da área, aos problemas ambientais e de segurança dos usuários da praia. A presença de veículos nas praias causam diversos problemas, entre eles: a contaminação da areia com resíduos automotores, a perturbação de aves e outros animais que se alimentam, fazem ninhos e tocas e/ou apenas descansam na praia, riscos de atropelamentos de animais e pessoas, especialmente crianças.

Novas ações estão programadas para as próximas semanas. Órgãos e entidades participantes fazem um pedido de apoio à população no sentido de que divulguem estas informações junto aos seus conhecidos e colaborem neste processo. O objetivo não é impedir o acesso às praias, mas sim o de compatibilizar o uso adequado e seguro da faixa de praia, permitindo uma relação harmônica entre a natureza e as pessoas. O próximo passo será o de aplicação de multas.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on google
Share on pinterest
Share on email
Share on print