Dengue: Torres deve ficar em alerta, já foram registrados seis casos

Moradores de Torres devem ficar em alerta máximo contra a Dengue. Foram confirmados na cidade, seis casos da doença, todos autóctones, ou seja, foram contraídos aqui.. A prevenção deve ser feita eliminando locais com água parada, onde o mosquito transmissor, o Aedes aegypti, se reproduz. No Estado já ocorreram oito mortes neste ano. O número de casos já passa dos dez mil.

Em 31 de março, a Prefeitura confirmou o primeiro caso de Dengue na cidade. no Igra Norte. Agora também já foram contabilizados casos nos bairros Faxinal, Centro, Centenário, Guarita e Praia Grande. O diretor de Vigilância em Saúde, da Secretaria de Saúde, Lasier França faz um alerta para a população: todos devem combater os focos de larvas do mosquito Aedes aegypti, eliminando os pontos de água parada nos pátios e residências. No Litoral Norte, já foram confirmados casos em Capão da Canoa, Tramandaí e Imbé.

O diretor informa que existem focos de larvas por toda a cidade em Torres. Ele salienta que qualquer tampinha de garrafa no pátio com água pode receber os ovos do Aedes e que em sete dias, já adulto, o mosquito pode sair picando a população. A doença é transmitida pela picada, o doente não transmite.

Os sintomas da Dengue são parecidos com os da gripe, febre, dor nas articulações, mal estar geral, dor na cabeça e atrás dos olhos. Os sintomas podem ser confundidos com da Covid-19, por isto a necessidade de procurar um médico e fazer o exame. São quatro os tipos de Dengue, a mais grave. a hemorrágica, ainda não teve caso no Rio Grande do Sul. A Dengue ocorre todos os anos, porém, nos meses de abril e maio se manifestam com maior incidência.

A Prefeitura destaca a necessidade da colaboração de todos para o combate dos focos de larvas de mosquito em Torres. O diretor comenta que muitas pessoas se preocupam com os mosquitos na Avenida do Riacho, no valão, no entanto, estes mosquitos são pernilongos, não transmitem a Dengue. Através do whats (51) 3626 1644, a comunidade pode fazer denúncias sobre locais com focos, porém, a população em geral deve cuidar principalmente de sua residência e pátio. Idênticos cuidados devem ser seguidos pelas empresas da cidade.

Leia também:

Acesso Rápido

Turismo

SERVIÇOS

Gabinete e Procuradoria

Secretarias

Setores

Cidadão

Empresa

Servidor

Guias e Formulários

Previdência Social - RPPS

Transparência

Imprensa e Identidade visual

Skip to content