Campo do Torrense será revitalizado: vestiários novos, refletores, pista atlética, cercamento e pintura

Em breve, a Prefeitura inicia as obras de revitalização do Campo Torrense, lugar muito querido pela população local. Com a iniciativa, atende antiga demanda da comunidade, principalmente a envolvida com o segmento esportivo. A finalidade é do campo poliesportivo retomar as atividades esportivas e somar aos serviços públicos oferecidos no lugar. Conforme o prefeito Carlos Souza, as obras de revitalização do Campo do Torrense resultou também de um diálogo dos técnicos da Prefeitura com a comunidade que utiliza a área por vários anos.

O local é a terceira sede do Clube Torrense. O Grêmio Esportivo Torrense foi fundado em 1949. Teve sua sede inicialmente próxima ao Caça e Pesca, depois perto do Nacional e agora na Rua Idio Kuwe. A atual edificação será toda reformada, obtendo mais ventilação e iluminação. O prédio com cerca de 100 metros quadrados terá três vestiários novos, dois para os times e um para os árbitros. Toda a rede elétrica, de água e esgoto serão recuperadas. O local receberá três novas casamatas, duas para os times reservas e outra para a arbitragem.

O campo vai ganhar refletores e será cercado com 470 metros de tela. Para delimitar a área do campo de futebol, será executado um alambrado em mourões de concreto e tela soldada galvanizada com altura de dois metros. Contará ainda com portões novos. E uma melhoria que promete agradar a muitos: terá ao seu redor uma pista atlética com 2.580 metros quadrados. A obra contará também com a execução de calçada em concreto armado para servir de espaço aos torcedores e ainda será realizada pintura do campo, na cor branca, delimitando sua área externa e marcando as linhas das áreas.

Todas as melhorias serão concretizadas com o total de R$ 306.143,76 resultado da soma de emenda parlamentar do deputado federal João Derly e da contrapartida da Prefeitura. O processo de licitação para a obra foi concluído recentemente, saindo vencedora a empresa Apoio Construções e Reformas Ltda. A ordem de serviço será logo assinada pelo prefeito Carlos Souza, sendo que o cronograma previsto para a obra é de oito meses. O fiscal do desenvolvimento dos trabalhos é o engenheiro civil Carlos José Schneider, da Secretaria Municipal de Planejamento e Participação Cidadã.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email
Share on print

Leia também:

Acesso Rápido

Turismo

Gabinete e Procuradoria

Secretarias

Setores

Cidadão

Empresa

Servidor

Guias e Formulários

Previdência Social - RPPS

Transparência